Primeiras imagens de F1 2012

5 06 2012

Depois do lançamento do F1 2011 em Setembro do ano passado, confesso que fiquei bastante agradado com o produto final, que tive a sorte de poder jogar. Tinha um modo carreira divertido, e bastante bem conseguido (com entrevistas no paddock e objetivos a alcançar a cada corrida). Se bem que também há-que dizer que tinha algumas falhas bastante grandes, como alguns bugs, algumas penalizações online mal aplicadas (penalizavam quem não tinha batido), e uma Inteligência Artificial criticada por alguns (se bem que pessoalmente não tenha reclamações a apresentar a esse respeito).

Enfim, para quem não experimentava um jogo de F1 desde o já longínquo F1 06 para PS2, foi um jogo bastante divertido e que já joguei durante várias horas.

A Codemasters tem feito um trabalho tão bom que já viu o seu contrato (que acabava este ano) renovado durante mais alguns anos. E os jogos, tradicionalmente apresentados em Setembro, costumam ter por esta altura os primeiros vídeos de “Work in Progress” da edição que se aproxima. E assim foi, com as primeiras imagens do F1 2012 a saírem há aproximadamente 1 hora. O vídeo mostra uma volta no Circuit of the Americas, que este ano será palco do regresso do GP dos EUA.

Destas imagens vou tirar dois pequenos comentários.

Em primeiro lugar, o jogo em si apresenta-se sem grandes alterações visuais (o que é algo de positivo, porque o F1 2011 já tinha uns bastante bons), o que significa que devem ter estado a trabalhar em alterações no comportamento dos carros (que parece mais realista nas correções). As únicas alterações visuais que eu vejo é nos pneus, nomeadamente nas travagens queimadas e na relva que apanham.

Em segundo lugar, que o circuito do Texas vai ser bastante divertido para os pilotos, com muitas zonas a requererem a atenção e controlo, mas não vejo muitas oportunidades para ultrapassagens, o que, tendo em conta o fato de ser a penúltima corrida do ano e de este campeonato estar muito próximo, poderá dar um final anti-climático ao campeonato (antes desta é o GP de Abu Dhabi)…





Liga de F1

17 02 2012

Para quem joga F1 2011, é bastante notória a abundância de Ligas que têm aparecido para jogar online. Normalmente até têm alguns duelos engraçados, mas são um pouco monótonas. Existe, contudo uma exceção. O vídeo que abaixo se pode ver é uma “Liga” entre quatro amigos britânicos, que com os seus diálogos bem-dispostos e lutas por posição, são um dos melhores exemplos por aí. É grande mas vale a pena.





Alguns disparates

15 11 2011

Tem feito furor pelos vários blogs a notícia acerca das declarações de Bernie Ecclestone acerca da situação da construção da pista de Austin. Aparentemente o “anão tenebroso” andou a dizer que não conta muito que o GP dos EUA esteja pronto a tempo para a temporada de 2012. Escusado será dizer que os organizadores do circuito ficaram um pouco aborrecidos com isto…

Honestamente duvido seriamente das palavras de Ecclestone. Se a Índia e a Coreia foram prontas quando estavam claramente muito atrasadas, porque não haverão os EUA de fazer o mesmo?

Ainda não consegui compreender o porquê de dois GP’s no país, até porque a localização e o próprio layout da pista de New Jersey parece muito mais interessante do que a do Texas. Aliás, mesmo no que toca a automóveis os europeus estão mais avançados que os americanos, e isto não é eurocentrismo meu, é um facto verificado pela quase totalidade dos responsáveis pelos reviews.

Um deles é o controverso Jeremy Clarkson, que realiza pequenos filmes de 1h todos os anos, ainda que seja mais famoso pelo seu trabalho para o programa Top Gear. A totalidade deste filme pode ser vista no YouTube, esta é a primeira parte de um que se chama “The Good, the Bad and the Ugly” em que ele analisa se os EUA têm algum carro excelente pelos padrões europeus. Confesso que concordo com a conclusão dele…

PS: Sim, usei a notícia de Austin como desculpa para publicar isto… 😛





Segunda oportunidade

5 10 2011

Quando terminou a temporada de 2008, achámos que nunca mais veríamos Jenson Button num lugar competitivo, quem sabe até mesmo numa corrida de F1… A história encarregou-se de nos contradizer. 3 anos depois, Jenson é considerado como o mais forte candidato ao título do próximo ano, tem estado a dominar Hamilton ao longo do ano, e está perto do vice-campeonato.

E hoje o contrato que o liga à minha equipa favorita (McLaren) acabou de ser renovado. Pode-se dizer que estou contente.  Fiquem aqui com um anúncio que ele fez, que reflecte bem a sua carreira.





F1 2011: Os primeiros reviews

23 09 2011

É certo que apenas esta semana é que o jogo sai, mas sem dúvida que F1 2011 é um dos jogos mais esperados do ano para os fãs de automobilismo. Mal posso esperar pelo meu (só vem no Natal…), mas alguns felizardos já poderam experimentá-lo, como a conceituada Gamespot. Fica o vídeo, com as novas funcionalidades e imagens espetaculares do novo jogo.





Combustível de competição vs de estrada

16 09 2011

A BBC tem por hábito fazer algumas pequenas reportagens antes das corridas acerca de temas ligados à Fórmula 1. Sempre interessantes de ver, muitas vezes fornecem bastante informação e fazem diversas experiências. Na do vídeo que se segue, Jake Humphrey foi a Fiorano ver Fernando Alonso a guiar o seu Ferrari com o combustível de corrida, e o que é usado pelos carros de estrada.

Os resultados são bastante curiosos… “Acho que ser mais rápido [com o de estrada] será difícil, (…) e poderia querer dizer que o trabalho feito na F1 no último ano não foi muito inteligente!”, dizia Alonso no início. No fim, o de estrada faz um tempo parecido, e segundo a equipa talvez (com mudanças no mapeamento do motor) até mais rápido.

E, já agora, apanhei este vídeo pela primeira vez no excelente blog do Júlio Cézar Kronbauer.





Black and Gold

14 09 2011

À alguns meses atrás tinha tido a ideia para criar este vídeo, quando ouvi esta canção pela primeira vez. Entretanto estava a tentar conseguir um bom programa para fazer o que eu realmente queria, e não apenas o que o programa deixava. Enfim, apresento-vos o vídeo que fiz, acerca dos tempos de parceria entre a Lotus e a John Player Special sob o tema Black and Gold (Sam Sparro).

Não sou nenhum Antti Kalhola, mas acho que me consegui safar, apreciem!