As más companhias

15 02 2011

Nos últimos tempos tem sido notório o clima de mudança que tem vindo a “atingir” os povos da zona do Médio Oriente e da África islâmica: Tunísia, Egipto, Argélia, Mauritânia, entre outros, têm assistido à revolta da população contra os regimes que vigoram. O que ninguém provavelmente pensava é que isto chegaria ao “circo” da Fórmula 1.

Sede da primeira ronda desta temporada, o Bahrain foi um dos temas mais tratados de hoje devido às revoltas que se têm vindo a ocorrer. Tudo começou quando centenas de pessoas em Sakhir se reuniram frente à embaixada egípcia, de modo a prestar apoio. Alguns dias depois iniciaram-se algumas manifestações, que acabaram por ser violentamente reprimidas, resultando em duas mortes.

Haverá um GP "normal"?

Tudo isto levou a que os manifestantes “prometessem” que iriam aproveitar o GP para poderem demonstrar o seu descontentamento com as suas condições de vida, graças à presença da imprensa mundial. Afirmam também que se a reacção da polícia for semelhante à dos últimos dias, isso apenas ajudaria à divulgação do seu estado.

Toda esta situação tem vindo a preocupar várias pessoas pela possibilidade de problemas de organização, bem como de segurança de todos os envolvidos. A GP2, por exemplo, ainda não sabe se a corrida deste fim-de-semana se realizará… Embora Ecclestone tenha vindo a expressar alguma apreensão com esta situação, na realidade ele apenas se pode culpar a si mesmo!

Na sua tentativa de retirar a Fórmula 1 da Europa, passando a maioria das corridas para a Ásia, Bernie tem vindo a ter que lidar com vários países ditatoriais, que estão à mercê de uns poucos governantes, que ali se encontram à uns bons anos. No entanto, é provável que ele até prefira estes países, dada a sua crença de que “a democracia não funciona”…

Esta completa falta de cuidado não é apenas de hoje, como é descrito pelo blog Bandeira Verde, já que nos tempos em que a África do Sul vivia com o regime do apartheid, a F1 (ao contrário de vários organizações como a FIFA) continuou a visitar o local, mais especificamente a pista de Kyalami.

Pois é, as más companhias acabam por dar problemas…


Ações

Information

One response

16 02 2011
marcos

é, e mesmo o governo barenita dando total segurança par ao Gp do Bahrein, sei não, talvez tenha estreia na Austrália…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: